ctz_arte-e-cultura-em-casa.jpg
Teresa Kodama:
São Paulo em Brasília

Sou uma Artista Plástica autodidata e descobri, desde a minha infância, o fascínio e a paixão pelas cores, pela prática de pintar e desenhar, incentivada intensamente por seus pais, Armando Della Monica e Thereza Granzotto Della Monica, pelo primo Affonso Della Monica Netto e pelo tio Lindoro Della Monica.

Cresci admirando as pinturas, desenhos e esculturas de meu tio Virgílio Della Monica, que era médico, desenhista, pintor e autodidata.

Expresso o meu trabalho pela leveza, pelo brilho da alma, pelos olhos da mente e do coração, sendo a minha família – meu marido Pedro Yukio Kodama e as minhas filhas  Alessandra Cristina Della Monica Kodama e Amanda Regina Della Monica Kodama  – as fontes inesgotáveis de inspiração, sempre me motivando, me apoiando e aplaudindo as minhas realizações.

Vivo em um mundo diferenciado onde prevalece o encanto das cores, o brilho e um toque muito especial de amor.

Tudo para mim inspira Arte em toda a sua essência, em toda a sua magnitude e grandeza, e amo todas as expressões da Arte.

Levo felicidade e a prática da Arte da solidariedade por meio das obras de arte para todas as pessoas, e demonstro que os dons e os talentos são dados a todos nós, cada qual com o seu merecimento, quando nos deixamos ser guiados por um Ser Supremo que a tudo conduz, sempre pensando em um bem maior, pois o ego não caminha com a vontade divina.

Utilizo técnicas diferenciadas, como pintura à óleo, acrílica, guache, aquarela e giz de cera, e retrato preferencialmente os lugares onde visitei com a minha família, em telas, papiros, painéis, papéis específicos para desenho, em peças de cerâmica e amo fazer maquetes, de preferência, de trens elétricos.

Atualmente, estou diversificando as temáticas, demonstrando toda a sensibilidade e a criatividade existentes em meu ser, onde a Arte é apresentada para as pessoas de todas as faixas etárias, pois deve ser apreciada com extremo amor, inspirando a todos a seguir por esse sublime caminho, por uma estrada repleta de inebriantes flores, marcando significativamente a existência terrena.

As cores que utilizo nas obras são vibrantes, harmônicas, se entrelaçam entre si, com criações que demonstram leveza e, ao mesmo tempo, uma força grandiosa que reside em mim e que se expressa por meio das obras. 

Sou determinada, corajosa, tenho uma força interior inabalável, e apresento os meus trabalhos com muita dignidade, felicidade e na plenitude do amor.

E, por intermédio dessa poesia, expresso o meu fascínio pelas Artes: 

 

O Fascínio vibrante pelas Artes Plásticas

Um lápis, um painel, um papel, uma palheta, muitas tintas e um pincel.
Caminho entre as letras, as nuvens, as estrelas e as cores vibrantes, deixando fluir a imaginação e a inspiração, em um turbilhão de emoções, expressando na Arte o significado de um grande amor.