MicrosoftTeams-image (14).png
Adhemar Rodrigues:
Eu Sou o Araguaia

O Rio Araguaia é um dos maiores e mais belos do país. São mais de dois mil quilômetros de extensão. O Araguaia nasce na cidade goiana de Mineiros. Atravessa os Estados de Goiás, Mato Grosso, Pará e Tocantins. Atravessa florestas, cachoeiras e cânions, cidades ribeirinhas e aldeias indígenas. Finalmente se encontra e deságua no Rio Tocantins. Em todo o trajeto, resplandece a rara beleza do povo e da natureza de nosso país.

Adhemar Gomes Rodrigues, junto com a esposa Marilene Machado Rodrigues, criaram o projeto “Eu sou o Rio Araguaia” para fotografar toda essa extensão. Seguiram pelo sinuoso curso e visitaram todas as cidades e vilarejos às margens do grande rio. Com o olhar preciso e detalhista, nascido de anos de experiência de registro jornalístico nos jornais Correio Braziliense e Folha de Goiaz bem como na revista O Cruzeiro, Adhemar idealizou o projeto com o objetivo de trazer ao público o encanto desconhecido das águas, da fauna e da flora únicas do cerrado e, principalmente, a particularidades das diversas pessoas – ribeirinhos e índios – que vivem ao longo dos dois mil quilômetros de água e de vida.

“Eu sou o Rio Araguaia” é um verdadeiro documentário fluvial, terrestre e aéreo deste importante manancial que banha os territórios dos estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Pará. Transporta ao público, por meio da lente atenta e técnica dos experientes fotógrafos, toda a riqueza, a variedade, a força e a maravilha da natureza e das pessoas tocadas pelas águas do Araguaia.

O registro fotográfico, que será em breve publicado em livro, é exposto pela primeira vez no espaço de exposições virtual do Memorial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios. A obra resgata tesouro humano e natural pouco conhecido e é um verdadeiro grito de preservação das belezas do nosso país.